A renovação de matrícula nas Escolas Estaduais da Bahia seguem até 17 de dezembro

A renovação de #matrícula nas escolas estaduais da Bahia seguem até 17 de dezembro.  Para renovar a matrícula pela internet, basta acessar http://bit.ly/matriculaestadual2019  e informar os dados da Carta de Renovação entregue pela escola onde o aluno estudou em 2018.

Você também pode consultar o Código de Renovação de matrícula acessando: http://www.sec.ba.gov.br/acessocodigomatricula

+ infos: http://ow.ly/JkyX30mFRZb

IMG-20181126-WA0012

Unidades Escolares da Rede Estadual desenvolvem atividades com o objetivo de discutir a Cultura Negra

O Dia da Consciência Negra (20 de Novembro) inspirou diversas atividades nas Unidades Escolares da Rede Estadual de Ensino. Teatro, dança, apresentação cultural, desfiles e diversos projetos que estão abordando a história afro-brasileira, com o objetivo de discutir a cultura negra nas Unidades Escolares circunscritas no NTE-18.

 

45703860_1034635810042044_3478171675734835200_n 45790831_1034639036708388_1369248390147211264_n IMG-20181109-WA0113

Secretaria de Educação através do NTE-18 realiza Seminário Territorial para Consulta Pública

A Secretaria da Educação através do NTE-18 realizou em 30 de outubro o Seminário Territorial para Consulta Pública presencial sobre o Currículo Referencial para o Estado da Bahia.

O encontro contou com a presença de secretários municipais de educação, técnicos das secretarias municipais de educação, coordenadores pedagógicos, diretores escolares, professores e conselheiros municipais de educação dos 20 municípios que circunscreve o NTE-18.

Momento de debate e participação no processo de elaboração do currículo para o Estado da Bahia que demonstra o interesse dos educadores em construir uma educação de qualidade, levando em consideração as singularidades da nossa Bahia.

45161924_1029199790585646_4835713870523793408_o 45139577_1029200227252269_6312278692940742656_n

Estudantes do Colégio Estadual Padre João Montez de Pojuca desenvolvem projeto para contribuir no combate ao Aedes Aegypti

Ao perceberem o alto índice de casos relacionados ao vírus zika e chikungunya, evolvendo professores e colegas, as estudantes Laíse Conceição de Brito e Beatriz de Souza Bispo, do Colégio Estadual Padre João Montez, em Pojuca, decidiram entender melhor sobre o assunto para tentar contribuir no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças.

Com o projeto “Abordagem das viroses (zika e chikungunya) nas instituições de ensino da cidade de Pojuca”, elas buscam incentivar e motivar os estudantes a debaterem o assunto e, assim, atuar na prevenção e combate ao Aedes Aegypti. A proposta é que a partir do primeiro semestre de 2016, sejam criados grupos de leituras nas escolas para obter todas as informações sobre o vírus, e logo após, sejam desenvolvidas ações que combatam a proliferação.

“Vamos iniciar com um grupo experimental na nossa escola e depois pretendemos expandir para as outras unidades. É importante que nós possamos estar atentos para um mal que está trazendo diversos problemas à sociedade. Também queremos que os colegas comecem a debater ações voltadas à saúde e que, muitas vezes, poderiam ser evitadas com a cooperação de todos”, afirma a estudante do 8º ano, Laíse Conceição, 13 anos.

Por meio do projeto, apresentado na 5ª Feira de Ciências da Bahia, durante o 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, as estudantes realizaram uma pesquisa para descobrir o que as escolas e a Secretaria de Saúde Municipal estavam realizando para combater o Aedes Aegypti e como a comunidade escolar pode contribuir para diminuir a incidência da doença. “Nós visitamos três escolas públicas e duas particulares aplicando um formulário para dirigentes, funcionários e estudantes, além da Secretaria de Saúde. Basicamente queríamos saber como as unidades estavam trabalhando para orientar as pessoas sobre os vírus. Na pesquisa também registramos 47 casos de zika e 13 de chikungunya”, destaca Laíse Conceição.

projeto abordagem da zika (6) projeto abordagem da zika (3)

Governo da Bahia realiza eleição para diretores das escolas na quinta-feira com maior participação das famílias

Mais de dois milhões de pessoas estão aptas para escolher os dirigentes das escolas da rede estadual, nas eleições que acontecem nesta quinta-feira (10), simultaneamente, nas escolas da rede estadual de ensino, durante os três turnos. Podem participar da eleição, professores, coordenadores pedagógicos, servidores públicos em exercício na unidade escolar, estudantes a partir de 12 anos de idade com frequência regular e pais ou responsáveis.

A grande novidade nesta eleição é que o Governo da Bahia ampliou para 55% o peso dos votos dos alunos e dos pais. A iniciativa integra o programa Educar para Transformar – um Pacto pela Educação, que propõe maior integração das famílias na escola, pela melhoria da educação pública. A participação da família no processo eleitoral também ganha força, sobretudo, com a atuação do Colegiado Escolar, conselho formado pelo gestor, professores, funcionários, estudantes, pais, mães ou responsáveis pelos estudantes, que se reúnem mensalmente para colaborar com a melhoria da escola e cuja eleição dos membros também foi realizada este ano nas escolas.

Vale destacar que os candidatos aos cargos de diretores escolares (professores e coordenadores pedagógicos) fizeram uma prova de certificação. Além de testar habilidades e conhecimentos nas áreas de gestão pedagógica, a certificação qualifica o candidato para a função de gestor escolar.

DSC_0079

A Escola Estadual dos Rodoviários promove atividade em homenagem a Consciência Negra:Turbante, tambores e tradição

A Escola Estadual dos Rodoviários, em Alagoinhas – NRE 18 lembrou o dia da consciência negra com a culminância do Projeto “Turbantes, Tambores Tradição”. O projeto de autoria dos professores de humanas, contou com a participação, de forma interdisciplinar, de todas as áreas.

Os alunos vivenciaram a cultura africana lembrando os costumes na alimentação, moradia, vocábulos e as vestes dos nossos antepassados africanos.

A África está em nós! Com esse pensamento os alunos foram mediados a pesquisar biografias de personalidades negras ilustres, além de participar de oficinas de turbantes e comidas típicas. No segundo momento, houve apresentações de danças típicas e teatrais promovendo aos alunos, um processo de aprendizagem, reconhecimento e valorização de suas origens de forma lúdica e dinâmica.

Consciência Negra

Governo amplia a participação dos estudantes e da família na eleição para dirigentes das escolas estaduais

Mais de dois milhões de pessoas estão aptas para escolher os dirigentes das escolas da rede estadual. O novo decreto divulgado pelo Governo da Bahia amplia a participação dos estudantes e da família no processo eleitoral, programado para acontecer no dia 10 de dezembro, simultaneamente, em todas as 1.369 escolas estaduais.

“O Decreto Nº 16.385, de 26 de outubro de 2015, fortalece o processo da democracia participativa nas escolas da rede estadual”, afirma o secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto, convocando a sociedade para participar do processo eleitoral, tendo em vista que “todas as pesquisas indicam que a boa gestão e a participação das famílias são elementos fundamentais para a melhoria da educação”.

Os principais destaques do atual processo seletivo são a questão da valorização da experiência do gestor e a busca da maior participação da comunidade escolar e da família dos alunos. De acordo com José Sérgio Carvalho, superintendente de Gestão da Informação Educacional da Secretaria da Educação o gestor da unidade escolar poderá se candidatar independente de quantos mandatos tenha exercido.

“Desta forma, o Governo da Bahia está valorizando a experiência do professor que já está á frente da unidade escolar há algum tempo. Além disso, ampliamos o quórum de participação dos estudantes e professores, de 30% para 50%, e demos um peso maior à participação dos alunos no pleito eleitoral, cujo voto terá peso de 40%”, explica.

Podem participar da eleição, professores, coordenadores pedagógicos, servidores públicos em exercício na unidade escolar, estudantes a partir de 12 anos de idade com frequência regular e pais ou responsáveis.

Mais família

A participação da família no processo eleitoral também ganha força nas eleições deste ano, sobretudo com a atuação do Colegiado Escolar, conselho formado pelo gestor, professores, funcionários, estudantes, pais, mães ou responsáveis pelos estudantes, que se reúnem mensalmente para colaborar com a melhoria da escola. “O Colegiado Escolar está ativo nesse processo de eleição do diretor, nós já estamos trabalhando ao longo do ano por meio do programa Educar para Transformar que busca a maior inserção da família na escola”, informa, o superintendente.

Processo eleitoral

Podem se candidatar no processo eleitoral, professores ou coordenadores pedagógicos, com formação superior com licenciatura plena que atendam aos requisitos estabelecidos no Decreto. A organização do processo eleitoral acontecerá no mês de novembro e as eleições no dia 10 de dezembro. “As eleições acontecerão em um único dia. Isso é um fator que facilita e possibilita a mobilização, uma vez que toda rede estará se dirigindo um único dia para a escola. Estamos chamando de o dia da participação e da democracia na escola”, concluiu José Sérgio Carvalho.